sábado, 1 de junho de 2013

Gestão de Riscos

gestao de riscos
Gestão de Riscos

Olá pessoal. Hoje irei comentar sobre uma das principais atitudes do homem moderno, que é a gestão de riscos. Há quem diga que um dos elementos que caracteriza o homem como ser racional e moderno é a habilidade de gerenciar riscos sejam eles quais forem. Portanto, desde sempre, para o nosso desenvolvimento e crescimento, fomos e somos obrigados a enfrentar ou encarar os riscos no meio em que vivemos.

Por sua vez gerenciar riscos está relacionado com o processo de planejamento, organização, direção e controle de recursos sejam eles humanos ou materiais.

No geral riscos são desvios do esperado em situações de incertezas. Os riscos quando negativos podem ser chamados de ameaças, já os riscos positivos podem ser chamados de oportunidades. O mundo em que vivemos é isso: um mar de ameaças e oportunidades. Portanto temos que identificar e aproveitar as oportunidades e ficar bem atentos e preparados para as ameaças existentes e potenciais. As incertezas do aparecimento das ameaças e oportunidades nos fazem mais cuidadosos e preparados.

Tudo na vida apresenta incertezas. Nesse mundo a única certeza que temos é a da morte (que atualmente é inevitável, não é verdade?). As incertezas são as fontes causadoras dos riscos. Algo engraçado é que nossa percepção de risco geralmente não está associada com incertezas. 
Por exemplo, vajamos o seguinte dilema:

Se você estivesse em um avião, sobrevoando uma área de terra, a uma altura significativa para uma queda livre sem chance de sobrevivência, e uma pessoa fizesse as seguintes perguntas a você: em que situação você estará correndo mais riscos? (a) você salta desse avião sem utilizar um paraquedas e nenhum outro equipamento que proteja da queda ou (b) se você saltar utilizando paraquedas adequados e alguns outros equipamentos de sobrevivência.

Gestão de riscos
Gestão de Riscos
Qual dessas alternativas de salto (“a” ou “b”) apresenta mais riscos pra você?
Se você escolheu a alternativa (b) como a mais arriscada, fez a escolha certa. Nesse caso você lembrou da relação entre riscos as incertezas. O que quero dizer com isso? Se fosse escolhida a alternativa (a) já teríamos total certeza do que iria acontecer com você, nesse caso a morte seria inevitável e certa. Portanto não há incertezas, mas sim a certeza de morte ao saltar do avião. Por outro lado, o salto na condição (b) está relacionado a várias incertezas, como a falha no acionamento do paraquedas, você pode entrar em pânico e não conseguir abrir na hora certa o paraquedas, as condições do vento podem atrapalhar, dentre outros. Nesse caso temos várias incertezas e, portanto, existem riscos no processo.

Deu pra entender, mais ou menos, o conceito de risco? Isso é muito importante para o processo de gestão dos riscos. Não se pode gerenciar o que não se conhece bem, não é verdade?

Em futuras postagens irei apresentar algumas ferramentas de gestão de riscos que podem ser aplicadas nos nossos negócios e até nas nossas vidas pessoais. Sabemos que toda forma de conhecimento tem que ser ampla, com a finalidade de aumentar o desempenho das nossas atividades sejam elas profissionais ou pessoais, e melhorar a nossa qualidade de vida.

Espero que tenham gostado J.

Até a próxima!